quarta-feira, 16 de setembro de 2009

E agora, José?


Sozinho no escuro

qual bicho-do-mato,

sem teogonia,

sem parede nua

para se encostar,

sem cavalo preto

que fuja a galope,

você marcha, José !

José, pra onde ?





2 deixaram rastros:

JÚLIA disse...

legal este Texto
beijo

Hermes C. Fernandes disse...

Parabéns pelo trabalho no blog. Já estou seguindo!

Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão muito bem-vindos.

www.hermesfernandes.blogspot.com

Te espero lá!