domingo, 21 de junho de 2009

Confiar.


Sabe quando você sente um puxãozinho de orelha? E então aquela venda que prendia seus olhos cai e você percebe então como tem agido? E um pensamento fininho e pertinente invade sua cabeça dizendo sem parar: "Se você andar sobre as águas, pode confiar em mim. Você não confia no que eu posso fazer?" É quando você cai em si e entende que as circunstâncias podem ser desanimadoras muitas vezes, mas quem as controla é maior do que elas. Confiar, sem titubear! É como o vento fresco de manhã, que nos tranquiliza numa volta pra casa.. é como ser livre do peso que carregamos.

e sinceramente, não há nada melhor do que sentir-se descansada com Alguém te segurando enquanto se anda sobre águas... :)



em (boa) música o que tentei colocar em palavras ~
[sim, sou pedreira e meu downloadvídeos.com não funciona]

2 deixaram rastros:

leandro´sS disse...

conjugue o verbo "Titubear" hahaha (tenso!)

bacana o post pedreira (:

ahk disse...

sim sim...

"e sinceramente, não há nada melhor do que sentir-se descansada com Alguém te segurando enquanto se anda sobre águas... :)"

xD~~~~...
take care Issá... =)